Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mazai

"A felicidade encontra-se ao longo do caminho, não no fim da estrada." - Sol Gordon

Mazai

"A felicidade encontra-se ao longo do caminho, não no fim da estrada." - Sol Gordon

15.Jan.21

Orçamento familiar - Uma primeira abordagem

Escrituracao-contabil.png

Manter o orçamento familiar controlado é um desafio para todos nós. Um dos motivos está em não saber quanto se deve gastar em cada categoria do orçamento. O essencial a meu ver é fazer o registo de todos os rendimentos e de todas as despesas mensais, para se conseguir ter uma ideia do valor que se gasta em cada categoria e depois disso adaptar ao nosso orçamento.

Eu, pessoalmente, para controlar os meus gastos, utilizo a plataforma Mobills e tem ajudado bastante. Mas também cheguei a ter a Boonzi, mas preferi a primeira.

Como faço eu o meu orçamento?

No inicio de cada mês, logo que recebo o salário, utilizo a regra dos 50-30-20. 

Divido as minhas despesas em três grandes categorias e separo para cada uma delas uma parte do salário: 50% para gastos essenciais, 30% para poupanças e 20% para despesas relacionadas com o estilo de vida. Cada um pode adequar as percentagens que melhor lhe convier, consoante os seus objetivos.

Entenda-se como gastos essenciais as despesas como renda da habitação, transporte, alimentação, saúde, educação. Os gastos relacionados com o estilo de vida são aqueles ligados a hobbies, lazer, diversão, restauração e vestuário. 

Assim, consigo perceber o que tenho para gastar e onde posso gastar. Além disso, fico segura pois a poupança é feita logo no inicio do mês. Esta só é utilizada em situações de emergência e se não tiver dinheiro na conta à ordem.

E vocês como fazem o vosso orçamento?

 

14.Jan.21

Confinamento Geral

Que de geral tem muito pouco ou nada. Quem afinal vai confinar? Restaurantes, cafés e bares. Cabeleireiros, ginásios, pequeno comércio de bens não essenciais e estabelecimentos culturais. Tudo o resto vai andar na rua, todas as crianças e jovens e todos os adultos que trabalham noutros setores.

É um confinamento da treta. É o que eu acho... 

Esperemos que valha de alguma coisa.

 

12.Jan.21

Marcelo Positivo

Marcelo Rebelo de Sousa testa positivo à covid-19 - O Jogo

Marcelo deu positivo, depois deu negativo e agora vai fazer novo teste... quantos testes tem que fazer?

Nós, comuns mortais se der positivo, temos que fazer isolamento durante 10 ou 14 dias e mais nada. No caso, de trabalhar em alguma instituição, ou local de maior risco, lá fazem o teste antes de entrar ao serviço, senão iniciam atividade profissional no fim do isolamento. Mais nada.

As pessoas influentes não... fazem uns quantos testes, não sei bem porquê, até dar o resultado que lhes agrade. Teste positivo, é teste positivo, não vai correr riscos, ou vai? 

Já vi que não são sempre as mesmas regras... grande confusão!!!

E agora como ficam os outros candidatos às presidênciais? Correm sérios riscos de haver mais infetados.

A ver vamos!!!

11.Jan.21

O que muda no novo código da estrada - Informação Útil

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor esta sexta-feira

As alterações ao Código da Estrada aprovadas pelo Decreto-Lei nº 102-B/2020, no passado mês de dezembro, entraram em vigor a 8 de janeiro de 2021. 

Das alterações ao Código da Estrada destacam-se:

  • O agravamento do valor das coimas por utilização de telemóvel ao volante, que aumentam para 250€ a 1250€. Por ser uma infração grave, implicará também perda de três pontos na carta de condução.
  • A proibição de aparcamento e pernoita de autocaravanas fora dos locais autorizados
  • A obrigatoriedade de instalação e utilização de arcos de proteção em veículos lentos (tratores, máquinas agrícolas ou florestais e máquinas industriais). O seu incumprimento fica sujeito a uma coima de 120€ a 600€.
  • A equiparação, a bicicletas, das trotinetas elétricas que atinjam uma velocidade máxima até 25 km/hora ou potência máxima contínua até 0,25 kW. As que atinjam velocidades superiores a esses limites ficam sujeitas a coimas de 60€ a 300€, caso circulem em desrespeito pelas respetivas características técnicas e regime de circulação aplicáveis, deixando de poder circular nas ciclovias e nas vias para peões.
  • A sujeição dos veículos usados na formação específica dos condutores dos veículos de polícia e dos veículos afetos à prestação de socorro ou de serviço urgente de interesse público às regras de uso dos avisadores sonoros e luminosos especiais.
  • A equiparação dos condutores de veículos descaracterizados (TVDE) aos táxis em matéria de sanções por condução sob o efeito do álcool (taxa superior a 0,20 gramas/litro).

Destaca-se ainda ao nível da simplificação e desmaterialização processual:

  • A possibilidade de uso de cartas de condução digitais, a definir por Portaria.
  • A possibilidade de apresentação dos documentos (nomeadamente, documento legal de identificação pessoal, título de condução) em formato digital.
  • A aceitação das notificações em processos contraordenacionais serem efetuadas por via eletrónica, em caso de adesão voluntária à morada única digital.
  • A concentração de todas as categorias de veículos na carta de condução, permitindo eliminar as licenças para conduzir tratores e máquinas agrícolas ou florestais na via pública.
  • A possibilidade dos condutores poderem reaver as cartas de condução que deixaram caducar, condicionada à realização de provas de exame ou frequência de ações de formação.

As alterações abrangem quatro diplomas complementares do Código da Estrada, nomeadamente o Regulamento da Habilitação Legal para Conduzir e o Decreto-Lei que estabelece o Registo Individual do Condutor.

Exceção feita ao artigo 128º sobre troca de Títulos de Condução, que entra em vigor 120 dias após a sua publicação.

O presente sumário de alterações ao Código da Estrada não dispensa a leitura do Decreto-Lei nº 102-B/2020, de 9 de dezembro.

 

Informação retirada do ACP (https://www.acp.pt/ser-socio/noticias/noticias-do-clube/detalhe/novo-ano-novas-alteracoes-ao-codigo-da-estrada)

09.Jan.21

Isto nunca mais acaba?

covid.jpg

Outro dia com quase 10.000 infetados com o covid´19? Pensei que este ano seria diferente, ou pelo menos tinha esperança. A minha opinião sempre foi que não se devia ter facilitado no Natal, pois mais tarde pagariamos, e estamos a ver agora. Eu, pessoamente, não facilitei, passei o Natal com o meu marido e minha filha, na esperança de ter a restante familia durante o ano 2021. 

O que mais me intristece e revolta, é que, por vezes, as pessoas que fazem tanto cuidado, acabam por ser infetadas por atos irresponsáveis de outros.

Agora está no momento de ter consciência e evitar qualquer risco de contágio, parar de fazer asneiras, pois os hospitais já estão no limite e os profisionais começam a cansar de serem sempre os mesmos a suportar estas irresponsabilidades. 

Pensem se vale a pena correr riscos e colocar em risco os nossos.

03.Jan.21

Fim das férias

e de volta ao trabalho já amanhã.

IMG_20200419_180522~2.jpg

Hoje o dia serviu para passear um pouco aqui perto de casa, para arejar a cabeça e começar a ambientar a este frio. 

As férias souberam bem, embora mesmo em férias sou sempre solicitada a resolver alguns problemas profissionais, é um trabalho que lida com pessoas (idosas maioritariamente) e problemas para resolver na hora.

De volta ao trabalho e à escola. De volta à rotina 😷.